quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Dica de remada: Oratório de Itaipuaçu


Alto Mourão e a pequena pedra do Oratório. Recanto - Praia de Itaipuaçu - Maricá - RJ.
Aí está a proa da Guardiã apontada para um lugar escondido nas águas de Itaipuaçu. Por gostar de compartilhar as coisas boas dessa vida, vou contar o que faz esta pequena pedra, na proa da minha canoa havaiana e ao pé da Pedra do Elefante se tornar tão especial.

A Serra da Tiririca, por si só, já é como um santuário. A natureza ali parece Sagrada, parece abençoar. Oferece ao mesmo tempo pequenos recantos acolhedores e paisagens imponentes.

Enseada do Bananal, beleza natural do Parque Estadual da Serra da Tiririca. Niterói - RJ.
É o caso, por exemplo, da Enseada do Bananal, um lugar de beleza natural incomparável na cidade de Niterói. Ali é a última enseada da cidade antes de "virar a esquina" pelo mar para o próximo município: Maricá. 

Continuando a remada na direção Leste, até a próxima "esquina", chega-se na primeira enseada de Maricá, onde fica o Oratório. Remar em direção ao Oratório é como uma peregrinação marítima à beira de exuberantes costões rochosos que te fazem pensar na vida... pensar, remar e orar (parafraseando o título do famoso best seller Comer, Rezar e Amar, livro de Elizabeth Gilbert). 

A caminho do Oratório na manhã de hoje me senti em peregrinação por lugares sagrados e pensei na Natureza como um templo de oração e recolhimento. 

As belas e imponentes paisagens naturais fazem isso com nossos sentimentos: sentimo-nos pequenos diante de tanta beleza e involuntariamente começamos a pensar em Quem criou aquilo tudo. É um sentimento parecido com o que temos ao entrar nas grandes catedrais da Europa e Oriente Médio. 

Grandes templos religiosos foram construídos em proporções gigantescas para que os fiéis lembrassem sempre da infinita magnitude de Deus. Não importa em qual religião, vemos isso em vários tipos de templos, desde a antiguidade. Basta lembrar das pirâmides do Egito ou das imponentes e gigantescas estátuas da Ilha de Páscoa. Não devemos julgar qualquer religião na forma como fazem os homens se reportarem à grandeza de Deus. Elas são apenas diferentes caminhos criados pelos seres humanos para encontrar a espiritualidade, e é natural que cada um encontre a sua própria maneira de se conectar a Ele.

Portanto, é quase que instintivo buscar lugares, paisagens, imagens e construções sagradas para encontrar a conexão com seu Deus interior. Assim foi por toda a história da humanidade e assim foi hoje de manhã, quando remei em direção ao Oratório e encontrei aquela pequena imagem de Nossa Senhora encravada na rocha, ao som das ondas, olhando para mais ninguém além de mim ali embaixo de Seus pés. 
Imagem de Nossa Senhora no Oratório, secret spot de pescadores, remadores e homens do mar.

Imagem de Nossa Senhora no Oratório ao fundo, secret spot de pescadores, remadores e homens do mar.
Águas claras ao pé do Oratório.

Termino sempre com o aloha. 
Mas desta vez vamos de outra expressão universal:
Amém, e até a próxima postagem!
Luiza Perin 

Dica: O Oratório fica no mar do Recanto de Itaipuaçu, a primeira praia do município de Maricá. A pedra do Oratório fica bem pertinho da Pedra do Elefante. A santinha fica em um buraco encravado na rocha na face voltada para a terra, a uma altura de aproximadamente cinco metros da linha d'água. A remada de Itacoatiara até lá tem três quilômetros e deve ser feita em dias de mar calmo por dois motivos: 1) Para um bom embarque e desembarque no canto do Costão e 2) Para poder passar entre as pedras de Itaipuaçu e ficar embaixo do Oratório. Bom escolher um dia sem vento para a ida ou a volta beirando o Costão de Itacoatiara não ficar complicado. 
Inseparável e inconfundível Guardiã e o ponto de partida: Praia de Itacoatiara, Niterói - RJ.



3 comentários:

  1. "Ó Deus salve o oratório
    Ó Deus salve o oratório
    Onde Deus fez a morada
    Oiá, meu Deus, onde Deus fez a morada, oiá"...
    Sensibilidade e conexão com nosso abrigo Planeta e esse todo Sagrado.
    Luiza, flor do mar!
    escuta...
    http://www.youtube.com/watch?v=5ryuWc91WPg

    ResponderExcluir
  2. Ártemis...

    Aquele pico não é tããããão desconhecido assim,
    na reta da santinha, na base do oratório, tem uma
    toca de sargo espetacular, localzinho ótimo
    pra começar um mergulho alí no recanto (segredo).

    Sardella


    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Se você gostou, volte sempre!
Sinta-se à vontade para deixar seu comentário!
Aloha!