terça-feira, 22 de julho de 2014

Mahalo - A Gratidão Polinésia

A cachoeira de Halawa Falls, na Ilha de Molokai, no Havaí.

"Mahalo Nui Loa" é uma expressão em havaiano que significa "muito obrigado" e denota um agradecimento profundo e sincero. Sua tradução eu já conhecia, mas o verdadeiro sentimento de gratidão que representa para o povo polinésio eu pude sentir no dia em que percorri uma deserta e sinuosa estradinha a beira mar na ilha de Molokai, no Havaí. Chovia muito. Éramos 9 amigos brasileiros dentro de um  carrinho amarelo alugado. O destino era a cachoeira de Halawa Falls. 

Certa vez li que "não existe caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho". Fato é que uma de nossas maiores alegrias neste dia foi chegar à magnífica e misteriosa cachoeira escondida no Halawa Valey, o destino final. Mas as surpresas pelo caminho nos fizeram lembrar que a felicidade realmente está na caminhada. Mesmo sabendo que estávamos na estrada certa, aproveitamos a rara presença de uma pessoa  na paisagem para perguntar se estávamos perto ou  longe. E foi então que enxerguei, nos olhos de um verdadeiro nativo havaiano, o vivo significado do "Mahalo Nui Loa". O homem parecia um típico personagem polinésio, mas era real. Vestia apenas uma tanga e adornos de palha. Nós devíamos também parecer para ele como típicos personagens ocidentais. Mas também éramos reias. E o que aconteceu ali foi o encontro de duas culturas, de dois mundos, de três línguas e de dez seres humanos. Nos comunicamos em inglês, português e havaiano. Nos surpreendemos com seus costumes, suas vestes, seu estilo de vida e sua curiosidade por nós. Explicava que "kane" é a palavra havaiana para "homem" e "wahine" é a tradução para "mulher". Presenteou cada um com uma viseira de palha feita por ele. A chuva apertou e nos encolhemos de frio, e então ele disse: "Por que sentir frio? A chuva é um presente!". Olhou para o céu, abriu a boca e pôs a língua pra fora, como quem quer beber as gotas que caem, e completou: "It's a bless!", gritou ele, "Mahalo Nui Loa!".

A chuva era uma benção e não havia motivo para seu corpo forte e robusto sentir frio. Neste momento percebi quão simples é a vida deste homem, que vive seus dias em conexão com a natureza, pescando em uma rasa bancada de coral na ilha de Molokai. O "Mahalo Nui Loa" deste havaiano nos lembrou de agradecer pela simplicidade. Isso pode parecer um discurso meio "hippie", pode parecer banal reproduzir e valorizar esta pequena passagem desta grande viagem pelo Havaí. Mas senti que aquele momento no meio da caminhada fez a felicidade de 9 brasileiros e um havaiano naquele dia, mesmo sendo no meio do caminho...

"Mahalo Nui Loa Ke Akua Malama Pono", em profundo agradecimento somos abençoados pelo Sagrado. 

Foi isto que esta simples história havaiana me ensinou...


A sinuosa estradinha a beira mar na ilha de Molokai, no Havaí, que leva ao Halawa Valey.

O nativo havaiano que nos mostrou o verdadeiro sentimento da gratidão polinésia nos presenteando com viseiras de palha feitas por ele.

O nativo havaiano da ilha de Molokai com suas vestes típicas e as viseiras de palha feitas por ele mesmo, com que nos presenteou.


Mahalo Nui Loa e até a próxima postagem! 

6 comentários:

  1. Me emocionei com seu relato... bacana, muito bacana! Boa sorte para vocês hoje! Aloha!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. 👏👏👏👏👏 linda História, o Hawaii é tudo de bom

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Se você gostou, volte sempre!
Sinta-se à vontade para deixar seu comentário!
Aloha!