quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

E Ala E - O despertar havaiano

Remadores do Itaipu Surf Hoe* durante o canto do despertar: E ala e! Itacoatiara - Niterói - RJ.
     A antiga tradição havaiana era repleta de cultos a divindades da natureza e rituais sagrados. Antes do abacaxi e dos ukuleles, que são referências da cultura havaiana posteriores a chegada do homem branco, o Havaí já possuía uma forte identidade em sua cultura tradicional. Uma das principais caracterísitcas deste povo do mar e das canoas era sua profunda relação com o mundo espiritual e os cantos sagrados.
     Não existia escrita no Havaí antigo. Para manter viva a história de seus ancestrais era preciso memorizar genealogias familiares. Para expressar seus conhecimentos e conclusões a respeito do mundo sobrenatural, suas teorias sobre a criação do Universo e o funcionamento da natureza, eles faziam danças - chamadas de hula - e entoavam cantos sagrados (chamados em inglês de chants ou, em havaiano, de mele).
     Um dos cantos de que mais gosto fala sobre o nascer do Sol. É o canto  "E Ala E", expressão havaiana que se traduz por "despertar". Este canto fala sobre o caminho do Sol desde o momento em que nasce no Leste até chegar ao ponto mais alto no céu. É como um chamado para o despertar matutino.
     Os cantos havaianos são formados  por frases simples e repetitivas, assim como os mantras hindus. Acho que esta simplicidade traduz o momento histórico daqueles povos em tempos remotos, que registravam nos cantos suas mais importantes descobertas sobre a observação da natureza e sua percepção sobre o Sagrado.
     Eis o canto do despertar havaiano, que compartilho aqui no Vou de Canoa com aqueles que também conseguem enxergar na simplicidade  do Sol nascente uma grandiosa manifestação do Sagrado, assim como os antigos havaianos o faziam.

E ala e
Ka la i ka hikina
-
I ka moana
Ka moana hohonu
-
Pi'i ka lewa
Ka lewa nu'u
-
I ka hikina
Aia ka la
E ala e

Esta é uma tradução livre feita por mim, fruto de estudos da língua e da cultura. Pode não ser a mais exata e perfeitamente fiel para a língua havaiana, mas traduz a mensagem do canto:

Desperte!
O Sol está nascendo no Leste

Está nascendo no mar
Das profundezas do mar

Está escalando o céu
Até o ponto mais alto do céu

No Leste está o Sol
Desperte!

Em algumas remadas de canoa havaiana, voltamos nossos rostos e canoas para o nascer do Sol e entoamos o E Ala E. Itacoatiara - Niterói - RJ.

E Ala E ao Leste nas águas de Itacoatiara - Niterói - RJ.
*Itaipu Surf Hoe: escola de canoa havaiana que conduzo em Itaipu. Para maiores informações, visite nossa funpage no Facebook: Itaipu Surf Hoe.


E Ala E
E até a próxima postagem!
Luiza Perin
23 de dezembro de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Se você gostou, volte sempre!
Sinta-se à vontade para deixar seu comentário!
Aloha!